(62) 3646-0406 | contato@diggyn.com.br

O que é um VLOG, e quais os benefícios para sua empresa

26 - VLOG

Com o advento da democratização da internet, o usuário se transformou de uma forma impressionante. De mero consumidor de conteúdo, ele passou a ser também produtor de conteúdo. Hoje qualquer pessoa pode sair pela rede expressando suas opiniões sobre diversas coisas, como por exemplo, assuntos políticos, sociais, produções da indústria cultural, e até mesmo sobre marcas e produtos.

Dentre esses produtores de conteúdo, há os que se destacam, e passam a fazer aquilo não mais por hobby ou mero passatempo, mas sim como forma de sobrevivência. Eles se especializam na área de interesse do seu público, ou angariam público para suas próprias áreas de interesse.

Explicações à parte, vamos para o real motivo desta publicação. Afinal de contas, o que é um vlog, e quais os benefícios para sua empresa?

Vlog é a abreviatura para videoblog (vídeo + blog). A principal diferença dos vlogs para os blogs está no formato das publicações, que passam a não mais conter textos e imagens e sim apenas vídeos.

Apesar de muitos novos serviços possibilitarem a criação e divulgação de vídeos, o YouTube ainda é sem dúvidas o maior site de publicação de vídeos da internet. Quem produz vlogs no YouTube é tanto vlogger, ou vlogueiro quanto YouTuber, mas isso é assunto para uma outra conversa.

Mas bem, lembra-se que foi dito que os vloggers se especializam no assunto que tratam? Pensando num âmbito mais econômico/corporativo, podemos inferir que eles criam nichos de mercado.

Indo para o lado publicitário da coisa, não é difícil perceber que quanto mais segmentado é o público para o qual vai se apresentar determinada marca ou produto, maiores são as chances de conquistá-lo, realizando assim o objetivo da comunicação, que é o da concretização de vendas, ou da assimilação do ideal proposto.

Uma estratégia que tem sido adotada por várias empresas é mandar uma amostra de seus produtos para esses vloggers fazerem análises (esta é uma coisa que eles adoram fazer), sem o compromisso de que exaltem os produtos analisados. Outra, é a de patrociná-los. Algumas produtoras de jogos e filmes, certas vezes disponibilizam conteúdos que ainda não foram disponibilizados para o público em geral, para que eles façam reviews (análises) sobre o conteúdo, o que quase sempre resulta em comentários positivos (talvez pela ética profissional, talvez pela falta dela).

Há muitas e muitas outras formas de se explorar esse novo meio de se comunicar com os clientes (basta usar a criatividade), e cabe à sua empresa decidir se vale ou não a pena submeter os seus produtos às opiniões de pessoas que muitas das vezes só se tornaram “especialistas” em determinados assuntos, graças à credibilidade que o seu público dá às suas opiniões, em troca de uma possível “boa crítica” em relação à sua marca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *